Segunda-feira, 17 de Outubro de 2005

Tou completamente fulo

Este fim-de-semana fiquei completamente fulo, como é possível o Nacional o ano passado ter ido ao “Dragaum” espetar quatro batatinhas e o Benfica, O GLORIOSO, só ter dado duas. Tá bem que o Baliza fazia anos, mas àqueles gajos não se pode perdoar nada. Até parece que somos piores que o Nacional, Oh Meu Deus!!!
Como se não bastasse, no domingo o Sr. Peseiro voltou a fazer das suas, ao levar o Sporting a mais uma brilhante derrota, o que o levará ao despedimento (não é preciso ser bruxo para perceber isto), e consequentemente ao Sporting contratar um treinador a sério. Atão não podia ter ganho este joguinho e aguentava-se mais umas semanas sempre podiam render mais uns dez/doze pontinhos de avanço para o KiKa.
É dos tais fins-de-semana para esquecer. HAHAHAHAHAHAHA
publicado por saoteotónio às 17:43
link do post | comentar | favorito
|
3 comentários:
De Rui Costa a 28 de Outubro de 2005 às 16:38
Foi um dos dias mais tristes da minha carreira e, ao mesmo tempo, um dos mais felizes. É estranho mas eu explico: foi um drama para mim saber que ia ao Estádio da Luz e não me ia equipar no balneário do Benfica. Naquele estádio, nunca me tinha equipado noutra cabina que não na do Benfica. Eu acho que nem reconheci a cabina visitante. Foi um drama pensar que ia entrar no estádio como adversário, que ia entrar no túnel pelo outro lado. Estive 13 anos naquela casa e quando jogava nas camadas jovens, mesmo quando não jogava no estádio, era apanha bolas nos jogos do Benfica. Estava sempre lá. Naquela noite eu não queria ser recebido em apoteose, mas também temia que os adeptos não tivessem compreendido as razões da minha saída. Quando cheguei ao aeroporto percebi que não havia motivo para receios, a recepção aí foi logo maravilhosa! A chegada ao estádio foi também uma grande festa. Se por um lado estava feliz e orgulhoso por ser tão saudado, por outro estava triste porque ia jogar com outra camisola que não a do Benfica.
Na Fiorentina tiveram comigo um comportamento fabuloso. O Batistuta praticamente exigiu que eu fosse o "capitão" naquele jogo. Os jogadores do Benfica estavam ali a ser apresentados para a nova época, mas o João Vieira Pinto, que era o "capitão", só me dizia: "Este jogo é para ti." Recordo-me que nas bancadas estavam duas faixas muito grandes dedicadas a mim. Uma dos No Name Boys e outra dos Diabos Vermelhos. Uma tinha uma enorme camisola vermelha com o número 10 e com a frase: "Por muitas mais que vistas esta será sempre a tua.". Ainda hoje me arrepio quando penso naquela frase. A outra estava escrita em italiano: "Rui Costa no coração (o coração estava desenhado)." Cada vez que tocava na bola era aplaudido. Até que chegou aquele momento.
Acredito que foi o destino. Era o primeiro jogo que eu estava a fazer na época e não deveria fazer o jogo todo. Estava programado fazer apenas 60 minutos. Nós estávamos a perder 1-0 e eu estava a sentir-me bem e por isso pedi ao meu treinador para jogar mais um pouco. Fui ficando, ficando... Estava a acabar o jogo quando apareceu aquele lance. Quando vi a bola entrar na baliza ia festejar porque o golo era da minha equipa, mas naquele preciso momento apercebi-me que estava pronto para festejar um auto-golo... quase. E saiu-me natural aquele descontentamento. Vieram-me as lágrimas aos olhos. É um dos momentos mais tristes da minha carreira, mas ter aquele estádio de pé a aplaudir-me foi uma coisa indescritível.
Lembro-me que o Vítor Pereira veio ter comigo e disse-me uma coisa que eu nunca mais vou esquecer: "Goza este momento porque é único." De facto, jogar num estádio como adversário e ser aplaudido depois de marcar um golo contra a equipa da casa... é uma imagem que eu tenho gravada, mas que nem gosto de rever na televisão.

Rui Costa
Ex-jogador do Benfica
n.d.r. Texto extraído do livro: A Luz não se apaga


De topero a 20 de Outubro de 2005 às 17:58
Tadinhos dos lampiões. Tão contentes andam...


De Ciganita a 17 de Outubro de 2005 às 18:09
Amigo Paulo, concordo inteiramente com as suas palavras, Que fim de semana futebolístico!!!!! Eu, que até gosto de futebol, e até tenho a mania que percebo mais ou menos da coisa, confesso que, ao principio, fiquei confusa: o Rio Ave era para jogar com o equipamento do Benfica ou com o equipamento do Sporting?????
Pareceu-me ter ouvido alguém dizer que o FCPorto ia jogar com o Rio Ave??? Mas também me pareceu ter visto vários lenços brancos nas bancadas do Dragão, e depois conclui que ou tenho falta de vista, ou então sou daltónica!!! Bom o que é certo é que aquela equipa que jogou contra o Porto (seriam os Campeões Nacionais? pelo menos pareciam!) jogarem com classe, a defender e a trocar bolas, a marcar 2 golos! Bom, apesar da confusão, sei que é mau o Sporting trocar de treinador, bem como o Vitor Baliza não ter feito o tradicional frango no dia do seu aniversário!!!
Quanto ao Benfica... bem, esses ainda são os Campeões Nacionais


Comentar post

visitantes

artigos recentes

Categorias MANGERICOS DE ...

Episódio triste do XIV Fe...

XIV Festival de Mastros d...

"Passas de Oiro Passagem ...

Gala Mangericos de Oiro 2...

arquivos

Julho 2009

Junho 2009

Janeiro 2008

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Julho 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

participar

participe neste blog

blogs SAPO

subscrever feeds

autores