Terça-feira, 16 de Agosto de 2005

Um erro grave de segurança

Antes de mais, queria esclarecer que este artigo não tem propósitos políticos, e como prova disso, digo-vos que sou um dos muitos apoiantes do actual elenco da Junta de Freguesia, mas apenas se trata da manifestação de uma preocupação minha, que cabe perfeitamente dentro dos objectivos deste blog.


Todos nós conhecemos o espírito despreocupado e por vezes arriscado como as crianças abordam a vida, pelo que, cabe a nós adultos zelar pelo seu bem-estar e segurança. E é precisamente neste capítulo, que eu acho que todos nós estamos a cometer um descuido muito grande, uns porque têm o poder de decisão e nada fizeram ainda para corrigir um erro cometido por alguém, e os outros por não pressionarem para que estes o façam (de notar que se trata de uma obra com pelo menos oito anos).


Ora, à saída das escolas devem-se tomar todas e quaisquer medidas necessárias para que as crianças não alcancem as estradas, de modo a evitar atropelamentos. No entanto, à saída da Escola Primária de São Teotónio passa-se precisamente o contrário, onde os passeios, que deveriam ser para as crianças andar, devendo mesmo, na minha opinião, ser limitados por grades, estão ocupados por flores, o que facilita a ida das crianças para a estrada. Eu sei que as flores até ficam bonitas, mas sinceramente, estou muito mais preocupado com a segurança da minha filha e das demais crianças que frequentam a referida escola. Também sei que há uma tentativa de fazer com que a saída se processe pela parte traseira da escola, com o objectivo de descongestionar a rua da frente, que se torna caótica ás horas de saída, medida com a qual eu concordo. Mas não posso deixar de lembrar que na parte de trás da escola nem passeios existem e nada me garante que todas as crianças saiam por ai.


Por isto tudo e por julgar que se tratam de trocos comparando com o acréscimo de segurança que proporcionaria a retirada das ditas florzinhas, gostaria de ver alguém solucionar, o que eu julgo ser um erro grave de segurança, mesmo que sem as grades.


Pensem nisto.



escolaprimaria.JPG


publicado por saoteotónio às 22:32
link do post | comentar | favorito
|
9 comentários:
De pauloapmartins a 25 de Setembro de 2005 às 04:25
Eu acho que vocês ainda não perceberam bem o espírito da coisa. Nós aqui não temos como objectivo solucionar os problemas das pessoas, nem ser uma voz crítica ao poder, queremos é brincar. Com isto não quero dizer que de vez em quando não se fale coisas sérias. Mas ao falar dessas coisas não necessitamos de atacar ninguém. Eu ao escrever este artigo, apenas queria chamar a atenção de uma coisa que eu considero errada, tive o cuidado de referir que não tinha objectivos políticos, mas constato que errei ao escolher o timing. Esqueci-me que estamos perto de eleições, e que haveria sempre alguém que tentasse tirar proveito da situação. Eu não acredito que haja meia dúzia de pessoas para tratar de meia dúzia de flores nem estava à espera que a obra já estivesse em execução. Sei que o assunto já foi debatido em sede própria, portanto, o meu objectivo está cumprido. Eu não ataquei ninguém apenas referi um caso. De duas coisas pode ter a certeza, quem vier por bem será sempre bem-vindo, quem quiser brincar. Quem tentar fazer “politica” será abafado, sem o menor dos preconceitos. E vamos encerrar este assunto aqui. Quem quiser seguir este espírito segue, quem não quiser não segue. Se tiver que ser um “reinozinho “ que o seja, pelo menos que seja um reino divertido.


De plebe a 24 de Setembro de 2005 às 16:03
MAS O K É ISTO!!!!!! Afinal estamos num reino democrático em que todos se podem expressar livremente ou qualquer critica menos amável é assim tão nefasta que que os regentes caem todos encima para a abafar? O Carrasco se é do reino e conhece os membros regentes já deveria saber que poderia estar sujeito a esta situação, que embora não me surpreenda me deixe uma certa desilusão, pois parece que afinal o que por vezes se diz terá um tanto ou quanto de verdade - um Reino democrático mas um pouco restrito e fechado - pois qualquer penetra que queria dar o seu contributo, bom ou menos bom (nem me estou a referir ao carrasco, que não disse nda assim de tão grave para os regentes terem o tipo de reacção que tiveram)não é assim tão benvindo quanto isso. Se este é um bolg representativo de um reino e se todos nós nos preocupamos com o seu progresso, em vez de perder tempo com picardis que não levam a lado nenhum, deveria-se sim investir mais em artigos como o em questão e aceitar todas as sugestões que se possam dar para termos um reino modelo. Os membros regentes, se querem reger tem que ter algo para reger e com quem reger, ser mais abertos a opiniões sugestões e porque não também a algimas criticas construtiva, só assim poderemos avançar se não isto nunca passará de um mero reinozinho.


De carrasco a 13 de Setembro de 2005 às 13:06
Uma resposta deste tipo só podia vir do rei e á qual apenas me atrevo a comentar alguns pontos como é o caso da sugestão ou da criação deste Blog pois nem tenho habilidade suficiente para o criar nem sabia que o rei tinha esse tipo de mais valias. Quanto a cada um saber os seus motivos tem toda a razão e mais não digo e além disso agradeço que se não gosta dos meus comentários faça como eu que quando não gosto ignoro mas fique também a saber que não tenho nada contra si nem contra qualquer elemento do reino.


De pauloapmartins a 9 de Setembro de 2005 às 18:22
Pelo que eu conheço, dos participantes deste local ninguem se ofende de ser criticado. Mas existe nas democracias um direito fundamental, que é o de resposta. Aqui todos nos conhecemos, mas existem no entanto raras excepções( que é o seu caso ) que preferem não se identificar. Cada um sabe dos seus motivos, mas concordará comigo que dessa forma se torna mais facil criticar.
O não comentar, não significa necessáriamente desinteresse, senão o que poderiamos dizer de si, que se diz, assiduo leitor do blog, mas que apenas hoje comentou( e logo em força ), que há tanto tempo acha que deveria ter sido criado um espaço destes, não o criou nem sugeriu a sua criação.
O caro amigo (OU AMIGA), como tão conhecedor dos motivos da criação do blog, estará por certo a esquecer-se que um dos objectivos da sua criação foi precisamente as pessoas falarem mas assinarem por baixo, por forma a acabar com o diz que disse, e depois não foi ninguém. Parece que é nesses ambientes que o senhor ou a menina melhor se movimenta.
Quanto às amizades, acho bem que as preze porque devem ser das boas.


De carrasco a 9 de Setembro de 2005 às 16:36
Cara Ministra da Segurança Social, se a ofendi peço desde já sinceras desculpas pois a intenção não era essa. Mas permita-me que lhe responda: a solução já o rei apresentou no momento da critica e a realidade é o que está á vista. O que digo é apenas que este tipo de assuntos deviam ter prioridade neste blog e aproveitando as suas próprias palavras penso que seria uma ajuda para este nosso reino que todos muito amamos e para o representar da melhor forma há que tentar melhorar e julgo ter sido essa a intenção do Rei ao publicar o artigo. Não quero com isto banalizar a grande maioria dos artigos deste Blog pois até sou bastante assiduo á visualização dos mesmos por ser da terra e por achar que há muito tempo que devia ter sido criado um espaço como este( apesar de não concordar com o motivo da criação do mesmo),mas isso são outros horizontes que prefiro não comentar pois envolvem amizades que prezo. Mais uma vez... sinceras desculpas se a ofendi ou a alguém do reino...


De Ministra da Segurana Social a 9 de Setembro de 2005 às 14:30
Para quem se iniciou recentemente na participação neste blog, está a criticar demasiado os restantes participantes, não concorda? As pessoas comentam o que comentam e o que conta é o que se faz com as informações que se têm, não as criticas, que não passam, disso mesmo, se não apresentarem soluções. Quero dar-lhe as Boas Vindas, mas recomendo vivamente que tente mater boas relações com os membros do governo, na medida em que estamos todos juntos na mesma luta, que é a de representar e construir um futuro melhor para este nosso reino que todos muito amamos.


De carrasco a 9 de Setembro de 2005 às 13:03
Os meus cordiais parabéns a sua majestade o Rei deste Blog pelo artigo mais interessante alguma vez publicado. Concordo a 100% com o comentário da plebe que rápidamente encontrou a resposta ao motivo pelo qual esta obra ainda não se encontra em execução e também com o comentário de mf pelo motivo da tão pouca afluência a comentar este artigo, mas talvez isso se deva ao desinteresse não só de quem visita este blog, mas também dos restante membros do reino...


De mf a 5 de Setembro de 2005 às 16:13
Apos ausência prolongada deste reino,fico satisfeita ao regressar e constatar que, para além de actividades lúdicas tb temos assuntos de interesse aos quais deveriamos prestar mais atenção.
Não deixando de entender a ausência de comentarios a este artigo tão interessante e preocupante,mas caros colegas isto significa um grave défice de ministros com filhos neste reino...


De plebe a 2 de Setembro de 2005 às 20:08
Embora concorde com a chamada de atenção, e me surpreenda falta de comentários a esta situação, não poderei deixar de lembrar ao rei que é necessário justificar a quantidade de trabalhadores que existem para manter este reino no seu pleno funcionamento...pois as florinhas requrem atenção, rega e cuidados morosos, se forem cortadas o que farão a meia duzia de trabalhadores que estão destacados para tal trabalho? Provalevelmente, ser-lhe-iam dadas outras funções secalhar de muito mais utilidade publica, que não interessam nada como limpar o lixo.LOLOLOLOLOLO


Comentar post

visitantes

artigos recentes

Categorias MANGERICOS DE ...

Episódio triste do XIV Fe...

XIV Festival de Mastros d...

"Passas de Oiro Passagem ...

Gala Mangericos de Oiro 2...

arquivos

Julho 2009

Junho 2009

Janeiro 2008

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Julho 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Dezembro 2005

Novembro 2005

Outubro 2005

Setembro 2005

Agosto 2005

Julho 2005

Junho 2005

Maio 2005

participar

participe neste blog

blogs SAPO

subscrever feeds

autores